Notícias

Máquinas autônomas: mercado no agro deve crescer 10% até 2031

Segundo a consultoria norte-americana, Fact.MR, esse segmento pode chegar a R$ 836 bilhões em todo o mundo

O mercado de máquinas autônomas do agronegócio deve chegar a R$ 836 bilhões em todo o mundo até 2031. Segundo a consultoria norte-americana, Fact.MR, isso representa um ritmo de crescimento de 10% ao ano.

De acordo relatório divulgado nesta semana pela empresa, a tendência de adoção de tratores, colheitadeiras e outros equipamentos agrícolas autônomos estimula os fabricantes a investir em pesquisa e desenvolvimento (P&D) para capitalizar as oportunidades que se aproximam.

O estudo explica ainda que as máquinas autônomas são altamente eficientes na economia de tempo, custo na produção, monitoramento de safras e análises de campo e solo. Por isso, vão ao encontro das necessidades da agricultura moderna, cada vez mais competitiva e exigente.

Outro fator é a necessidade de coletar dados. Neste caso, equipamentos autônomos podem ir além dos convencionais, usando Inteligência Artificial (IA) para agricultura de precisão e análise preditiva.

Entre os obstáculos para o avanço das máquinas autônomas, está o custo atual e a falta de mão de obra especializada. A pesquisa acredita que esses problemas serão contornados ao longo dos anos. Estados Unidos, Alemanha, China e Japão são os principais países promissores para essas tecnologias.

 

Fonte: Canal Rural

Compartilhe